CFC Redenção, Auto Escola, Condutores em Rendenção, Pará

PRIMEIROS SOCORROS - MODELO 2

1 - O PROCEDIMENTO CORRETO PARA SOCORRER UMA VÍTIMA EM CHAMAS É:
JOGAR ÁGUA.
APAGAR AS CHAMAS COM EXTINTOR.
ABAFAR AS CHAMAS COM TOALHAS OU COBERTOR.
ABAFAR COM UMA LONA PLÁSTICA.
TODAS AS ALTERNATIVAS ESTÃO CORRETAS.
2 - HEMORRAGIA INTERNA PODE SER DEFINIDA COMO:
A VISÍVEL PERDA DE SANGUE ATRAVÉS DE UM FERIMENTO LOCALIZADO NA SUPERFÍCIE CORPORAL.
UMA FRATURA NO OSSO.
A PERDA DE SANGUE POR UM FERIMENTO.
A CONSEQUÊNCIA DE UM FERIMENTO PROFUNDO COM LESÃO DE ÓRGÃOS INTERNOS OU ROMPIMENTO DE VEIAS OU ARTÉRIAS.
AS ALTERNATIVAS B E C ESTÃO CORRETAS.
3 - DIANTE DE UMA HEMORRAGIA INTERNA, DEVE-SE:
MANTER A VÍTIMA EM PÉ.
DEIXAR A VÍTIMA DE COSTAS.
MANTER A VÍTIMA DEITADA COM A CABEÇA MAIS BAIXA QUE O CORPO, APLICAR GELO OU COMPRESSA FRIA NA REGIÃO ATINGIDA.
FAZER UM TORNIQUETE.
MANTER A VÍTIMA SENTADA.
4 - OS DOIS TIPOS DE FRATURAS EXISTENTES SÃO:
MUSCULAR E INTERNA.
ABERTA E FECHADA.
INTERNA E ÓSSEA.
ÓSSEA E MUSCULAR.
FIXA E INTERNA.
5 - PODE-SE AFIRMAR QUE UMA VÍTIMA ESTÁ COM HEMORRAGIA:
QUANDO ELA ESTÁ DESACORDADA
QUANDO ELA ESTÁ COM FEBRE.
QUANDO ELA ESTÁ COM TOSSE.
QUANDO ACONTECE UM ROMPIMENTO DE VEIA OU ARTÉRIA.
QUANDO ELA NÃO CONSEGUE RESPIRAR.
6 - A MASSAGEM CARDÍACA EM UMA VÍTIMA DE ACIDENTE SÓ É INDICADA:
QUANDO A VÍTIMA NÃO ESTÁ RESPIRANDO.
SOMENTE QUANDO TIVER CERTEZA DE QUE O CORAÇÃO NÃO ESTÁ BATENDO.
QUANDO A VÍTIMA ESTIVER COM HEMORRAGIA.
QUANDO A VÍTIMA ESTIVER COM DOR.
QUANDO A VÍTIMA PEDIR.
7 - EM SE TRATANDO DE HEMORRAGIA DOS PULMÕES, É CORRETO AFIRMAR:
A VÍTIMA SANGRA PELOS OUVIDOS.
DEVE-SE COLOCAR A CABEÇA DA VÍTIMA DE LADO OU COLOCAR TODA A VÍTIMA DE LADO, EVITANDO QUE ELA ASPIRE O SANGUE.
DEVE-SE MANTER A VÍTIMA TODO TEMPO DE PÉ.
DEVE-SE MANTER A VÍTIMA TODO TEMPO SENTADA.
DEVE-SE AGUARDA UM MÉDICO CHEGAR NO LOCAL,POIS O QUADRO NÃO É GRAVE.
8 - ENTENDE-SE POR PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA:
A PARALIZAÇÃO DE UMA FUNÇÃO VITAL DO ORGANISMO QUE NEUTRALIZA A OXIGENAÇÃO OU A CIRCULAÇÃO DO SANGUE,PODENDO PROVOCAR A MORTE EM 3 A 5 MINUTOS.
APRESENTAÇÃO DE SANGRAMENTO DA VÍTIMA PELA BOCA.
TRANSPIRAÇÃO EXCESSIVA DA VÍTIMA .
ARROXEAMENTO DA PELE DA VÍTIMA.
AS ALTERNATIVAS C E D ESTÃO CORRETAS.
9 - INDETIFICA-SE UMA FRATURA ABERTA PELO SEGUINTE:
O OSSO NÃO SE QUEBRA.
O OSSO NÃO ROMPE A PELE.
O OSSO SOFRE UMA LUXAÇÃO.
O OSSO SOFRE UMA DISTENSÃO.
O OSSO SE QUEBRA E HÁ O ROMPIMENTO DA PELE;É O QUE CHAMAMOS DE FRATURAS EXPOSTA.
10 - AO SE FAZER A MASSAGEM CARDÍACA EM CRIANÇAS PEQUENAS,DEVE-SE USAR APENAS O POLEGAR, ENÃO A PALMA DA MÃO, PARA COMPRIMIR, A FIM DE:
NÃO FRATURAR AS COLETAS, EVITANDO, ASSIM, DANIFICAR OS ÓRGÃOS INTERNOS.
NÃO PREJUDICAR A RESPIRAÇÃO.
NÃO AFETAR O CORAÇÃO.
NÃO AFETAR O FÍGADO.
AS ALTERNATIVAS C E D ESTÃO CORRETAS.
11 - EM ESTADO DE CHOQUE,A VÍTIMA NÃO PODE SER DEIXADA:
COM AS ROUPAS FROUXAS.
COM A CABEÇA VIRADA DE LADO,EM CASO DE VÔMITOS.
COM A CABEÇA MAIS BAIXA QUE O TRONCO.
EM PÉ, ATÉ QUE VOLTE AO NORMAL.
AGASALHADA.
12 - OCORRE DESMAIO:
QUANDO A VÍTIMA ESTÁ COM SANGRAMENTO.
QUANDO A VÍTIMA SENTE FORTES DORES DE CABEÇA.
QUANDO HÁ PERDA MOMENTÂNIA DOS SENTIDOS,CAUSANDO INCONSCIÊNCIA, SUOR ABUNDANTE, PULSO E RESPIRAÇÃO FRACOS.
QUANDO SE ACELERAM OS BATIMENTOS CARDÍACOS.
QUANDO A VÍTIMA TEM NÁUSEAS.
13 - EM HEMORRAGIA NASAL, NÃO SE DEVE:
ACALMAR A VÍTIMA.
COLOCAR COMPRESSA DE ÁGUA QUENTE SOBRE O NARIZ.
LEVANTAR A CABEÇA DA VÍTIMA.
PROCURAR UM MÉDICO.
COLOCAR UM PANO OU TOALHA COM GELO SOBRE O NARIZ.
14 - DETECTAM-SE CONVULSÕES:
QUANDO A VÍTIMA APRESENTA CONTRATURAS INVOLUNTÁRIAS DA MUSCULATURA, PROVOCANDO MOVIMENTOS DESORDENADAS E PERDA DE CONSCIÊNCIA.
QUANSO A VÍTIMA ESTA COM DORES NO PEITO.
QUANDO OCORREM FORTES DORES DE CABEÇA.
QUANDO O CORAÇÃO PARA DE PULSAR.
AS ALTERNATIVAS C E D ESTÃO CORRETAS.
15 - EM CASO DE ATROPELAMENTO, DEVEM SER TOMADAS AS SEGUINTES PROVIDÊNCIAS:
VERIFICAR OS DANOS NO VEÍCULO.
SOCORRER A VÍTIMA IMEDIATAMENTE.
SINALIZAR O LOCAL E CHAMAR O SERVIÇO MÉDICO ESPECIALIZADO.
NÃO IMOBILIZAR FRATURAS.
SE O VEÍCULO QUE ATROPELOU FUGIR, CORRA ATRÁS PARA IDETIFICAR.
16 - NO CASO DE FRATURA FECHADA, É CORRETO AFIRMAR QUE:
O OSSO QUEBRADO NÃO APARECE NA SUPERFÍCIE E A PELE NÃO FOI PERFURADA.
O OSSO QUEBRADO APARECE NA SUPERFÍCIE DA PELE.
A VÍTIMA DEVE SER SOCORRIDA SEM IMOBILIZAÇÃO.
DEVE-SE ESPERAR POR UM SOCORRO ESPECIALIZADO.
DEVE-SE COLOCAR O OSSO NO LUGAR.
17 - AUSÊNCIA DOS MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS, DE PULSO E BATIMENTO CARDÍACO SÃO SINTOMAS DE:
PARADA CARDÍACA E RESPIRATÓRIA.
PARADA CARDÍACA.
PARADA RESPIRATÓRIA.
CONVULSÕES.
HEMORRAGIA NOS PULMÕES.
18 - DIANTE DE UM ACIDENTADO QUE ESTEJA COM FERIMENTO NOS OLHOS, DEVE-SE:
FAZER COMPRESSA DE ÁGUA QUENTE.
TENTAR RETIRAR ALGUM CORPO ESTRANHO DOS OLHOS.
ESFREGAR O OLHO DA VÍTIMA.
MANDAR A VÍTIMA PISCAR SEGUIDAMENTE PARA FORMAR LÁGRIMAS, QUE SERVEM PARA LAVAR O OLHO, E PROCURAR UM MÉDICO.
NÃO MEXER NO FERIMENTO E PROCURAR IMEDIATAMENTE O MÉDICO.
19 - QUANTO À NECESSIDADE DE REANIMAÇÃO DA VÍTIMA DE PARADAS CARDÍACA E RESPIRATÓRIA, É CORRETO AFIRMAR QUE:
SÓ O MÉDICO PODERÁ FZER A REANIMAÇÃO.
SÓ PODERÁ SER FEITA ANTES DE TRANSPORTAR A VÍTIMA.
PRECISA SER INICIADA IMEDIATAMENTE, NÃO SER INTERROMPIDA MESMO DURANTE O TRANSPORTE DA VÍTIMA E DEVE SER MANTIDA ATÉ O REINÍCIO DA RESPIRAÇÃO, O RETORNO DO BATIMENTO CARDÍACO OU ATÉ QUE A VÍTIMA RECEBA ATENDIMENTO MÉDICO ESPECIALIZADO.
SÓ PODERÁ SER FEITA DURANTE O TRANSPORTE DA VÍTIMA.
SÓ PODERÁ SER FEITA NO HOSPITAL.
20 - O PROCEDIMENTO QUE DEVE SER TOMADO QUANDO A VÍTIMA ESTIVER PRESA NO VEÍCULO DEVIDO AO FATO DE O CINTO DE SEGURANÇA ESTAR EMPERRADO É:
CORTAR O CINTO DE SEGURANÇA PARA SOCORRER A VÍTIMA.
NÃO CORTAR O CINTO.
AGUARDAR A CHEGADA DO SOCORRO ESPECIALIZADO.
DEIXAR QUE A VÍTIMA SE SOLTE SOZINHA.
TENTAR ARRASTAR A VÍTIMA POR BAIXO DO CINTO.
21 - ASSINALE A ALTERNATIVA ERRADA.
CONHECIMENTO DE PRIMEIROS SOCORROS PODE LEVAR UMA AÇÃO IMEDIATA E GARANTIR A SOBREVIDA DE UMA VÍTIMA.
ATUAR EM PRIMEIROS SOCORROS REQUER DOMÍNIO DE HABILITAÇÃO QUE SÓ PODEM SER ADQUIRIDAS EM TREINAMENTOS PRÁTICOS.
O CONHECIMENTO DE PRIMEIROS SOCORROS É DE GRANDE UILIDADE PARA SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA.
UM BOM TREINAMENTO DE PRIMEIROS SOCORROS DARÁ CONDIÇÕES A QUALQUER PESSOA DE SUBSTITUIR COMPLETAMENTE UM ATENDIMENTO PROFISSIONAL DE SOCORRO.
DEIXAR DE PRESTAR SOCORRO, OU SEJA, NÃO DAR QUALQUER ASSISTÊNCIA Á VÍTIMA DE ACIDENTE OU Á PESSOA EM PERIGO IMINENTE, PODENDO FAZÊ-LO. É CRIME SEGUNDO O ARTIGO 135 DO CÓDIGO PENAL BRASILEIRO.
22 - SE UMA PESSOA APRESENTA UMA PARADA CARDÍACA E PRECISA SER ATENDIDA,A PRIMEIRA ATITUDE CORRETA É:
DEITAR A PESSOA EM UMA SUPERFÍCIE RÍGIDA E PRESSIONAR ENERGICAMENTE O TÓRAX, PARA QUE O CORAÇÃO SEIA COMPRIMIDO.
DAR ÁGUA PARA A VÍTIMA BEBER.
COLOCAR GELO ENROLADO EM UMA TOALHA SOBRE A CABEÇA DA VÍTIMA.
MANTER A VÍTIMA DEITADA COM A CABEÇA MAIS BAIXA QUE O CORPO.
EXERCITAR AS PERNAS DA VÍTIMA.
23 - AO PERCEBER QUE UMA PESSOA ESTÁ TENDO CONVULSÕES, A ATITUDE ADEQUADA É:
SEGUAR A VÍTIMA.
ESPERAR O SOCORRO ESPECIALIZADO.
TENATAR LEVANTAR A VÍTIMA.
PROTEGER A CABEÇA DA PESSOA CONTRA TRAUMAS E VIRÁ-LA DE LADO EM CASO DE VÔMITOS.
NÃO FAZER NADA.
24 - A PRIMEIRA PROVIDÊCIA A SER TOMADA EM CASO DE ACIDENTE É:
SINALIZAR A ÁREA DO ACIDENTE E CHAMAR O SERVIÇO MÉDICO ESPECIALIZADO.
TIRAR A VÍTIMA DO VEÍCULO.
TENTAR RESOLVER TUDO SOZINHO.
NÃO ACIONAR O SOCORRO ESPECIALIZADO.
TENTAR ARRASTAR O VEÍCULO ENVOLVIDO NO ACIDENTE.
25 - EM UM ACIDENTE COM A VÍTIMA DE FERIMENTOS LEVES, ENQUANTO SE AGUARDA O SERVIÇO ESPECIALIZADO ,PODE-SE:
PASSAR POMADA
LAVAR COM ÁLCOOL.
LAVAR COM DETERGENTE.
LIMPAR O FERIMENTO COM ÁGUA CORRENTE.
LAVAR COM GASOLINA.
26 - COMO O CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO TRATA A QUESTÃO DO CONDUTOR QUE OMITIR SOCORRO NOS ACIDENTES COM A VÍTIMA?
NÃO É DE RESPONSABILIDADE DO CONDUTOR .
É RESPONSABILIDADE DO PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO.
ALÉM DE SER UMA IRRESPONSABILIDADE, É INFRAÇÃO GRAVÍSSIMA, PODENDO A PENALIDADE SER AUMENTADA, ISTO É, SER ENQUADRADO EM CRIME ESPÉCIE.
NÃO É RESPONSABILIDADE DO CONDUTOR , SE A DOCUMENTAÇÃO DO VEÍCULO ESTIVER EM DIA.
SERÁ APENAS ADVERTIDO.
27 - ENTENDE-SE POR PRIMEIROS SOCORROS AQUELES:
PROCEDIMENTOS DE POUCA IMPORTANCIA.
PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS SOMENTE QUANDO O ACIDENTE ENVOLVER VÍTIMAS FATAIS.
PROCEDIMENTOS, CUIDADOS IMEDIATOS E IMPRESCINDÍVEIS QUE PRECISAM SER PRESTADOS À VÍTIMA DE ACIDENTE DE TRÂNSITO, ANTES DA CHEGADA DO ATENDIMENTO MÉDICO.A
PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER FEITOS APENAS POR MÉDICOS.
PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER TOMADOS SOMENTE QUANDO O ACIDENTE ENVOLVER VÍTIMAS IDOSAS.
28 - HAVENDO LESÃO NA COLUNA VERTEBRAL, APRESENTAM-SE OS SEGUINTES SINTOMAS:
HEMORRAGIA INTERNA.
AUMENTO DE PRESSÃO ARTERIAL.
DORES DE CABEÇA.
DORES NAS PERNAS.
DOR MUITO INTENSA, PERDA DE MOVIMENTOS, PERDA DA SENSIBILIDADE OU FORMIGAMENTO EM MEMBROS.
29 - NO PRIMEIRO ATENDIMENTO A VÍTIMAS EM ESTADO DE CHOQUE, O PROCEDIMENTO CORRETO É:
DAR LÍQUIDOS PARA A VÍTIMA.
FORÇAR A VÍTIMA A CAMINHAR.
DEITAR A VÍTIMA DE LADO.
NÃO RETIRAR DA BOCA DA VÍTIMA OBJETOS COMO DENTADURAS, PONTES E APARELHO DENTAL.
RETIRAR DA BOCA DA VÍTIMA OBJETOS COMO DENTADURAS, PONTES, APARELHO DENTAL, ETC.
30 - SE A VÍTIMA ESTIVER APRESENTANDO SINAIS CLAROS DE DIFICULDADE DE RESPIRAR, O SOCORRISTA DEVE:
LEVANTAR A VÍTIMA E APERTAR SUAS ROUPAS.
FAZER A VÍTIMA SE MOVIMENTAR.
DEITAR A VÍTIMA DE COSTAS E AFROUXAR SUAS ROUPAS.
AGUARDAR SOCORRO MÉDICO.
NÃO FAZER ABSOLUTAMENTE NADA.